Pós-graduações IMED 2013

quarta-feira, 14 de maio de 2008

A seleção do comportamento

Tem-se como corolário na biologia que a ontogênese reproduz a filogênese. Em outras palavras, as estruturas biológicas vão surgindo no processo embrionário de forma a reproduzir, em linhas gerais, o caminho evolutivo de determinada espécie. Desta forma, é impossível diferenciar nas semanas iniciais um feto humano de um feto de peixe, mas posteriormente as características das espécies vão surgindo e definindo o novo ser.

O comportamento também passou por um processo evolutivo, sendo também um produto darwiniano. Nossa espécie tem um comportamento complexo, e essa complexidade certamente ocorre porque gerou uma vantagem evolutiva. Ter um cérebro capaz de processar informações de forma abstrata pode ter sido um elemento crucial que proporcionou a geração de um novo nicho ecológico para nossa espécie, e conseqüentemente uma vantagem considerável perante os predadores, fornecendo mecanismos mais eficazes que pudessem garantir a sobrevivência.

A psicologia do desenvolvimento ocupa-se de estudar como o comportamento humano ocorre na ontogênese, no desenvolvimento de cada novo ser. Seria, neste ponto, interessante considerar se o desenvolvimento do psiquismo humano, de alguma forma, pode reproduzir a filogênese dos nossos comportamentos como espécie. Não se quer com isso reduzir o comportamento humano exclusivamente a um processo biológico de amadurecimento do cérebro, mas sim considerar a possibilidade de ver na psicologia do desenvolvimento uma ferramenta potencial para descobrir os passos utilizados pela evolução das espécies para a seleção do comportamento humano. Se for este o caso, a observação do desenvolvimento mental da criança e a comparação deste com espécies de primatas próximos pode ser uma chave para compreender o nascimento da mente.

2 comentários:

g a b r i e l e disse...

Então.... isso quer dizer que você vai arrumar uns macaquinhos pra gente brincar nas aulas de psicologia do desenvolvimento da Imed, doutor :D?

Gi disse...

eu tb entendi isso! :)
senti a fala do doutor... com as palavras difíceis de início!
mas é sério mesmo... eu tive a oportunidade de ver um lab. de observação de macaquinhos, e além de divertido, é realmente muuuuito interessante observar a parte evolutiva, e semelhanças de comportamento..
e então, ficamos nos perguntando o que foi selecionado diferente para nós, e para eles?
bem.. é isso, tenho q voltar pra aula de desenvolvimento...