Pós-graduações IMED 2013

sábado, 24 de dezembro de 2011

Uma coisa por vez

Aquilo que intuitivamente já sabemos, ou seja, de que precisamos nos concentrar em poucas ou somente uma coisa por vez para fazermos bem-feito, foi comprovado. O neurologista Russ Poldrack, da Universidade do Texas, em Austin, refere que o cérebro humano não é capaz de processar de forma eficiente várias informações simultâneas, mas processa bem poucas informações por vez.


Esta informação tem importante impacto por exemplo no contexto educacional. Muitos educadores têm defendido o uso de tecnologias no processo ensino-aprendizagem durante aulas expositivas. Embora não se questione o mérito da utilização de novas tecnologias, fica em xeque a forma como a aprendizagem ocorre de maneira eficiente. Ou seja: se o aluno estiver numa aula com o computador, tablet ou conectado com outra tecnologia, seu conhecimento pode estar no prejuízo.

A psicologia cognitiva já apontou há vários anos que a atenção é o canal que permite que as informações sejam processadas pelas demais funções mentais, tais como a memória e o pensamento. Quando prestamos atenção em um objeto, ele é o "foco" de nossa análise. Assim, se existem distratores, essa análise acaba ficando a desejar, e o conhecimento não terá a mesma qualidade.

Voltando à sala de aula, o segredo não está na tecnologia propriamente utilizada para a construção do conhecimento, mas na sua forma e no conteúdo. Fica então um alerta: computador ligado em redes sociais, jogos ou outros distratores durante uma aula pode melhorar o relacionamento interpessoal, mas não favorece o aprendizado.

*Sugestão de leitura: Troques da mente, de Stephen L. Macknik e Susana Martinez-Conde

3 comentários:

Andre L. Souza disse...

Muito bacana! Eu gosto muito da pesquisa que o Russell faz! :) Ele é um cara comprometido e sério com a ciência.

Ele não está na UCLA, no entanto. Ele é o diretor do centro de pesquisa em neuroimagem aqui na Universidade do Texas em Austin (e professor no nosso departamento).

Vinícius Ferreira disse...

Oi Andre!

Obrigado pela correção, já fiz a alteração no post.

Abraço!

Silvana Unica disse...

Muito bom o texto, e vem bem ao encontro do que penso e falo aos meus professores. As tecnologias estão aí como FERRAMENTO para o ensino. Devemos saber utilizá-las de tal forma que auxiliem o aprendizado ...